Incêndio em Santa Maria: Perdemos a batalha e perderemos a guerra…

Imagem

Passado o choque da tragédia todos ainda lamentando, refletimos, procuramos por culpados, levantamos os tradicionais ‘porquês’. Os mais ‘românticos’ dizem:

“Perdemos e batalha, mas não perderemos a guerra”

Não sei se é o pessimismo que me assola quando o assunto é Brasil, mas para mim perdemos mais uma, de uma guerra que estamos perdendo a tempo.

O inimigo que vitimou mais de duzentos jovens na fatídica madrugada do dia vinte e sete do mês de janeiro de dois mil e treze, não foi o destino; foi aquele nosso velho conhecido inimigo, que insistimos em tratar com afagos e carinho, aquele típico ‘jeitinho’.

A boate Kiss, palco de toda essa tragedia nunca deveria ter aberto suas portas é o que diz a legislação gaúcha desde 1988, sim a estrutura da boate feria não só normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) ela feria um decreto estadual. Mas sabe-se lá como…alguém deu um ‘jeitinho brasileiro’ e as regras mais uma vez não foram cumpridas.

E assim o ‘jeitinho brasileiro’ do qual muitos se orgulham; por anos e anos seguidos na história continua a dizimar vidas, sonhos, projetos, carreiras…

Enquanto não vencermos o inimigo íntimo chamado ‘jeitinho brasileiro’ não serão ‘apenas’ 234 jovens que morreram em uma boate…

Serão milhares de brasileiras  morrendo nas filas do SUS porque algum gestor deu um ‘jeitinho’ para desviar as emendas da saúde.

Serão milhares de brasileiros que terão o sonho do ensino superior interrompido pelo ‘jeitinho’ que alguém deu para burlar o sistema de bolsa do governo para recebe-lá indevidamente.

Serão milhares de brasileiros que não alcançarão o projeto da carreira pública pois algum espero burlou o concurso público no jogo das ‘cartas marcadas’.

Assassinos, estupradores, pedófilos, ladrões, criminosos do colarinho branco, infratores da lei irão continuar impunes pois alguém certamente dará um ‘jeitinho’ e achar uma ‘brechinha’ para não cumprir a lei.

Enquanto não mudarmos a ‘estratégia’ do jeitinho’ não venceremos seque uma batalhar, continuaremos a perder …a guerra.

Que Deus tenha piedade e restaure a nossa identidade.

Anúncios

6 Respostas para “Incêndio em Santa Maria: Perdemos a batalha e perderemos a guerra…

  1. Concordo Plenamente.
    É lamentável, porém, o Brasil espera a tragédia acontecer para ver o problema, e depois de um tempo cai no esquecimento e ninguém mais luta por mudanças. É necessário mais fiscalização e segurança, como também saúde e educação, no entanto, o povo gosta mesmo é da politica pão e circo, ou seja, cesta básica pelo voto e carnaval.
    Assim, permanece o tal “jeitinho brasileiro” pra tudo, até que um dia somos surpreendidos como uma avalanche fúnebre de 235 mortes de jovens e sonhos. É um horror inaceitável isso!

  2. Achei muito coerente o seu texto.
    Infelizmente, o cristão brasileiro tem uma mania feia de tentar encontrar respostas pra tudo na base da mistificação, quando, na verdade, tudo o que falta são, simplesmente, princípios, como: Verdade, integridade, honestidade, justiça, retidão…

    Se os que se dizem detentores da Verdade que liberta se preocuparem mais em viver esses princípios em suas vidas e inspirarem outros a viver da mesma forma, aí sim uma verdadeira revolução poderá abalar com os alicerces de nossa sociedade e tais acontecimentos tão dramáticos como este, não precisarão mais se repetir.
    São a partir de pequenas mudanças que as coisas mudarâo. Então, que elas comecem em nós.

    🙂

  3. Muito coerente seu texto.
    O cristão brasileiro tem uma mania feia de tentar encontrar respostas místicas pra muita coisa, quando na verdade, o que realmente falta são princípios, como: verdade, justiça, integridade,honestidade, palavra firme, retidão…

    Se todos os que se dizem detentores da Verdade que liberta, passarem a fazer uso desses princípios em seu dia a dia e inspirarem a outros fazer o mesmo, uma revolução silenciosa abalará com as estruturas de nossa sociedade e algo REAL podera acontecer.
    São a partir das pequenas mudanças que podemos mudar as coisas. Se é assim, então, que comece em nós.

    🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s